9-13h, 14-18:30h
CONTACTO
Já é cliente?

Inicie sessão para aceder à sua área privada

Tudo o que precisa saber sobre o polipropileno

28 mar 2022 — Sustentabilidade; Green Star System; Priplak; Polipropileno
Imprimir
polypropylene-header.jpg

É fundamental reduzir a nossa dependência do plástico. No entanto, em alguns casos, as soluções plásticas de nova geração oferecem as opções mais pragmáticas e orientadas para o meio ambiente que existem. Entre elas, o polipropileno, para vários mercados e aplicações. Veja os aspetos fascinantes e frequentemente negligenciados deste termoplástico.

É fundamental reduzir a nossa dependência do plástico. No entanto, em alguns casos, as soluções plásticas de nova geração oferecem as opções mais pragmáticas e orientadas para o meio ambiente que existem. Entre elas, o polipropileno, para vários mercados e aplicações. Veja os aspetos fascinantes e frequentemente negligenciados deste termoplástico.

POLIPROPILENO AO DETALHE

O polipropileno é um termoplástico. Significa que este material se torna maleável ou moldável a uma temperatura específica e solidifica no arrefecimento. Fabricado a partir de uma combinação de monómeros de propileno (moléculas que podem reagir em conjunto), o polipropileno é utilizado em várias aplicações, incluindo embalagens, aplicações gráficas, peças plásticas para a indústria automóvel e têxteis.

Criado em 1951, tornou-se um dos plásticos mais comummente produzidos no mundo. Em 2020, o volume do mercado global do polímero termoplástico polipropileno ascendeu a aproximadamente 74 milhões de toneladas métricas. Prevê-se que este valor aumente para cerca de 90,7 milhões de toneladas métricas até 2026.

 

Com este tipo de volume, é extremamente importante saber até que ponto este material é realmente sustentável.

O principal ponto forte do polipropileno é o seu peso. O seu peso leve (em comparação com materiais semelhantes) combinado com propriedades de impacto excepcionais melhoram o manuseamento e a armazenagem. E não é tudo. O PP de nova geração é totalmente reciclável, muitas vezes sem qualquer alteração significativa nas suas propriedades físicas. Também pode ser utilizado como recompactados sem comprometer o desempenho da resina. A sua composição também revela muitas vantagens: não contém quaisquer halogéneos ou cloro. Também não contém quaisquer plastificantes, tais como os famosos ftalatos, frequentemente utilizados na produção de PVC.

Por outras palavras, o polipropileno tem a capacidade de ter um impacto positivo em toda a cadeia de valor do produto, desde uma produção mais eficiente até ao manuseamento de baixo impacto.

 

Em comparação com um policarbonato…

O polipropileno oferece uma vantagem clara, já que evita os principais inconvenientes do policarbonato, como a não utilização de bisfenol A (no fabrico). Com a sua menor densidade, o PP requer aproximadamente 30% menos resina do que o policarbonato para uma dada aplicação. O que é que isto implica? Simplesmente uma quantidade reduzida de recursos não renováveis utilizados no processo de fabrico e um maior potencial de reciclabilidade.

Para simplificar, o impacto ambiental total do polipropileno é inferior aos materiais equivalentes na análise do ciclo de vida.

 

Principais pontos fortes do Polypropileno, em resumo

  • Peso ligeiro
  • Robusto
  • Produção eficiente
  • Sem PVC
  • Livre de substâncias perigosas e nocivas
  • Livre de metais pesados

 

Lembre-se, ser responsável é mais simples do que possa pensar.

Na Antalis, sabemos como é urgente passar dos materiais fósseis para soluções recicladas, recicláveis e baseadas em fibras. O polipropileno mostra como o plástico pode por vezes ser a alternativa mais pragmática, eco-responsável e eficaz actualmente disponível para aplicações de comunicação visual em interiores e exteriores. Isso não impede os nossos especialistas de continuar a explorar - dia após dia - novas alternativas e ajudár a uma transição orientada para o ambiente. Por enquanto, as soluções de polipropileno podem ser algumas das melhores que existem...